Ir para o conteúdo principal

Mais de 17 mil pessoas participam do Dia C em Porto Alegre

Mais de 17 mil pessoas foram beneficiadas no Dia C, em Porto Alegre, no último sábado. Em comemoração ao Dia Internacional do Cooperativismo, o evento aconteceu das 9h às 17h,  na Redenção, no coração da capital gaúcha. Mais de 300 voluntários reuniram-se em mais de 20 espaços (17 cooperativas e três entidades parceiras) para oferecer diversos serviços gratuitos para a comunidade, mostrando que atitudes simples realmente movem o mundo.

A 5ª edição do evento em Porto Alegre foi comandada por comunicadores conhecidos do público gaúcho. Pela manhã, das 9h às 11h, foi apresentado por Luciano Périco, que interagiu com os participantes e apresentou os serviços oferecidos nos estandes. A partir das 11h, Sérgio Zambiasi e Gugu Streit comandaram as atrações no palco, chamando a abertura do evento com a presidência e a diretoria do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, autoridades políticas locais e convidados. “Hoje estamos unidos, festejando um dia que o mundo inteiro está celebrando. Estamos ligados a mais de 150 países, fazendo uma festa enorme para o porto-alegrense. Nós estamos muito felizes de poder dizer que o cooperativismo vai muito bem no RS, empregando milhares de gaúchos de forma digna, mesmo na crise”, declarou o presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius.

Na programação, tivemos ao longo do dia sete shows musicais: Orquestra Instituto Popular de Arte e Educação (IPDAE), Cristiano Quevedo, The Criminals, Rafael Malenotti, Banda Comunitária da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Gabriel Farias e MC Jean Paul.

Por todos os cantos do evento, os sete princípios do cooperativismo estavam reforçados: adesão voluntária e livre, gestão democrática pelos associados, participação econômica dos associados, autonomia e independência, educação, formação e informação, intercooperação e compromisso com a comunidade. Diversos serviços gratuitos foram oferecidos ao público como: corte de cabelo, esmaltação, oficinas socioambientais, orientação financeira, alongamento, exames de saúde, entre tantas outras. A Brigada Militar esteve presente, levando atrações, como a apresentação dos cães. A ONG Viver de Rir trouxe a figura do palhaço para interagir com o público, aquecendo os corações com muito bom-humor.

O diretor financeiro da cooperativa Coeducars, João Beronese, trabalhou como voluntário no estande do Brechó Solidário que a cooperativa realizou – uma das ações mais procuradas do evento – três tampinhas de garrafa pet davam direito a troca por uma peça de roupa. “Exceções à regra foram abertas, pois o mais importante é poder cooperar, proporcionar alegria para as pessoas, ainda mais neste frio”, destacou. Neiva Terezinha Moraes Pires, 56 anos, de Viamão, pegou cinco peças para sua sobrinha de 5 anos. “Nossa, eu fiquei muito feliz. Estou me sentindo presenteada”. Mais de 1000 peças, entre roupas, calçados e acessórios femininos, masculinas e infantis foram doadas.

Ao mesmo tempo em que Porto Alegre realizou a celebração, diversas cidades do interior também prestaram serviços gratuitos e iniciativas voluntárias como Arroio do Meio, Erechim, Nova Petrópolis, Soledade, Teutônia, Rio Pardo, Espumoso, São Luiz Gonzaga, Santa Maria, Pelotas, Passo Fundo, Bento Gonçalves, Caçapava do Sul, Tramandaí, Farroupilha, etc. Até o momento, em todo o Estado, mais de 12 mil voluntários de 209 cooperativas realizaram 331 iniciativas, beneficiando mais de 201 mil pessoas.